pais e filhos

Importância da Relação entre Pais e Filhos

Todos nós estamos casados de escutar que é importante deixar as crianças brincarem e que é através das brincadeiras que elas desenvolvem suas personalidades e suas aptidões para encararem o que o futuro as reserva. Também escutamos que é importante encontrarmos tempo para brincar e conversar com nossos filhos.

Importância da Relação entre Pais e Filhos

O tempo entre Pais e Filhos é essencial. Isso é claro, chega a ser um luxo negado a maioria das famílias.

Afinal de contas, vivemos cada vez mais atarefados e numa sociedade que exige mais e mais qualificações e empenho para que você tenha a chance de conseguir arrumar um emprego que lhe possibilite sustentar-se dignamente.

Essas exigências de qualificação, aliadas a uma enorme sobrecarga de trabalho e a escalada da violência nas grandes cidades, fazem com que pais e filhos fiquem cada vez mais distantes e mais ausentes (por mais incrível que isso possa parecer) da vida um do outro.

No entanto, é importante que entendamos a inutilidade de investirmos em cursos de idiomas, atividades extracurriculares e treinamentos de toda sorte se nossos filhos forem incapazes de desempenharem o papel social minimamente adequado que se espera de qualquer um de nós.

É irrelevante a sua formação acadêmica ou bagagem cultural se você é um ser humano egoísta, irascível e impossível de lidar. Se você é carente, não tolera críticas e é incapaz de trabalhar em equipe; você simplesmente estará alijado de toda conquista profissional que sua qualificação superior lhe proporcionaria.

Impedir que nossos filhos se tornem adultos tristes, frustrados e repletos de complexos e problemas de adaptação social é de nossa responsabilidade.

E, por mais incrível que isso possa parecer, todos esses problemas podem ser evitados pelos simples ato de conversar ou de encontrar um tempinho para estar junto ao seu filho em momentos cruciais de sua vida – as atitudes dos pais pais influenciam os filhos.

Por mais sem importância que possa parecer para você, um determinado evento ou momento pelo qual seu filho passa; para ele esses momentos são difíceis e de importância capital. É justamente enfrentando essas situações “de vida ou de morte” que nossas crianças aprenderão a desenvolverem sua capacidade de lidar com os reais problemas que a vida adulta trará.

E é por isso que o amparo, a presença, o carinho e o amor dos pais é a chave para a criação de adultos calmos, seguros e capazes de encarar desafios.

Nós somos os “deuses” e os “heróis” plenos e poderosos de nossos filhos. São nossos exemplos que eles procuram imitar.

São nossas reações diante dos problemas que eles tentam assimilar para uso futuro e é de nossas palavras e de nosso amor que eles se nutrem e usam como escudo enquanto são pequenos e frágeis.

Sem a presença dos pais e sem a constante atenção da mãe e das conversas em família, aliadas a um tempo juntos para a diversão e para a cumplicidade, essas crianças tendem a se tornar adultos retraídos e problemáticos; incapazes de lidar com situações de stress social e profissional que outros tirariam “de letra”.

Mesmo que você desconsidere tudo isso; entenda uma única coisa: os momentos em que seu filho desejará passar ao seu lado são poucos e passam rapidamente.

Conforme ele for crescendo e se desenvolvendo, você perderá cada vez mais importância em sua vida. Portanto, pare tudo o que você estiver fazendo e dê uma oportunidade a seu filho seja uma criança saudável e um adulto produtivo e a você de ser uma mãe ou um pai mais feliz e mais satisfeito consigo mesmo.

Antes que seja tarde demais para todos.

Jogos para Crianças 

Mães e Filhos – Tempo é Fundamental